skip to Main Content

Marina Mazze Cerchiaro é doutoranda em estética e história da arte pela Universidade de São Paulo (Museu de Arte Contemporânea), no Brasil. Sua tese, orientada pela Prof. Dra. Ana Paula Cavalcanti Simioni, trata das escultoras brasileiras premiadas nas primeiras bienais de São Paulo entre 1951 e 1965. Suas pesquisas têm como temas principais arte e gênero, escultura, modernismo brasileiro e arquivos de mulheres.

Participa desde 2016 da equipe parceira do projeto Artlas, coordenada por Ana Paula Cavalcanti Simioni na Universidade de São Paulo, atuando no processo de inserção dos catálogos das Bienais de São Paulo entre 1951 e 1969 à base digital BASART. O grupo brasileiro se dedica a analisar tais eventos a partir de perspectivas e metodologias históricas e sociológicas, debruçando-se sobre eles enquanto fontes analíticas relevantes para o estudo de temas como: 1-A Bienal de São Paulo em contextos sócio-políticos; 2- as Bienais e o problema das representações nacionais; 3- Bienais e consagração das mulheres artistas na segunda metade do século XX; 4- Gêneros, modalidades artísticas e graus de prestígio, 5- A Bienal e a internacionalização da arte no Brasil; 6- Bienais e as relações centro x periferia, entre outros temas.

Back To Top